sexta-feira, 27 de setembro de 2013

RETIRAI A PEDRA, SOLTAI AS AMARRAS

Ministração da Palavra – IEEA – MA.
Culto da Família – Dom – 15/09/2013.
Texto: Jo. 11:1-44.
Tema: “ RETIRAI A PEDRA, SOLTAI AS AMARRAS”

O Evangelho segundo João é escrito pelo “discípulo a quem Jesus amava”, considerado pelos teólogos como sendo o amigo particular de Jesus e é um livro bastante abrangente no que diz respeito à natureza da pessoa de Cristo, mas nesse texto que lemos quero contextualizar com  nossa realidade, por entender que somos a geração do arrebatamento, quero mencionar alguns detalhes contidos na leitura e compartilhar o entendimento desta palavra.

1) SER AMIGO DE JESUS NOS FAZ REVIVER(v. 11-14) : Ser amigo de Jesus, faz a grande diferença, antes mesmo de se colocar na condição de Salvador para ser crucificado, mesmo sabendo que a enfermidade era para vida e não para morte, Jesus preferiu correr risco de morte para levar vida ao amigo (v.4,8) Ser amigo de Jesus nos faz reviver.
2) MILAGRE É UMA QUESTÃO DE CRER: (v.20-24) Marta não creu, portanto não entendeu e se dependesse da sua fé o milagre não aconteceria. (v. 28-35). Quando nos prostramos aos pés de Jesus em adoração e suplica, movemos o coração dele, demonstramos fé e então Ele opera o milagre, por isso que o milagre é uma questão de crer.
3) O POSSÍVEL É CONOSCO, O MILAGRE É COM JESUS: (v.39) Maria não disse nada porque cria, porém Marta continuava sem crer, então Jesus fala: Marta tira a pedra da incredulidade, tira a pedra da falta de fé, somente creia. Da mesma forma nos dias de hoje as pedras da incredulidade, da falta de fé, da desconfiança, do pecado, da fofoca, da mentira e muitas outras pedras têm que ser tirada pra que o milagre aconteça, mas lembre-se Jesus não tira as pedras,Ele manda que tiremos, como mandou Marta, mas não mandou Maria.
4) SOLTAI AS AMARRAS: (v.44) Lázaro recebeu o milagre, mas precisava que retirassem suas amarras. Hoje ainda tem muitos que recebem o milagre e esquecem de tirar as amarras que os prendem ao pecado. É preciso fazer uma autoanalise para saber quais são as amarras que te prendem e te impedem de caminhar e quais são os lenços do pecado que cobre o teu rosto e te impede de ver Jesus e receber os milagres. È a idolatria, lascívia, prostituição, cobiça, mentira, adultério, corrupção, negócios escusos, sonegação de impostos, concupiscências da carne, roubo, trafico, assassinato? Entre tantos outros que até parece pequeno, desprezíveis, mas eu quero te dizer que pecado não tem tamanho, pecado tem é perdão mas em compensação tem preço.

CONCLUSÃO: QUER REVIVER? QUER MILAGRE? SEJA AMIGO DE JESUS, CREIA, PROSTE-SE AOS SEUS PÉS, FAÇA A SUA PARTE, RETIRE AS PEDRAS QUE TE IMPEDEM DE OUVIR A VOZ DO SENHOR, DESATAI AS AMARRAS QUE TE IMPEDEMDE CAMINHAR E O LENÇO DO ROSTO QUE TE IMPEDE DE VER A LUZ QUE É JESUS, O ÚNICO CAPAZ DE PERDOAR TODO PECADO. AMÉM.

Pr. Cpl. Nolêto.   



PARA DEUS NÃO HÁ IMPOSSÍVEIS



Culto da Família – Dom – 22/09/2013.
Texto: Lc. 18:18-30 “ Certo homem de posição perguntou-lhe: Bom Mestre, que farei para herdar a vida Ministração da Palavra – IEEA – MA
eterna? Respondeu-lhe Jesus: Porque me chamas bom? Ninguém é bom, senão um que é Deus. Sabes os mandamentos: não adulterarás, não matarás, não furtarás, não dirás falso testemunho, honra a teu pai e a tua mãe. Replicou ele: Tudo isso tenho observado desde a minha juventude. Ouvindo-o Jesus, disse-lhe: Uma coisa ainda te falta: vende tudo o que tens, dá-o aos pobres e terás um tesouro nos céus; depois, vem e segue-me. Mas, ouvindo ele estas palavras, ficou muito triste, porque era riquíssimo. E Jesus, vendo-o assim triste, disse; Quão dificilmente entrarão no reino de Deus os que têm riquezas! Porque é mais fácil passar um camelo pelo fundo de uma agulha do que entrar um rico no reino de Deus. E os que ouviram disseram: Sendo assim, quem pode ser salvo? Mas ele respondeu: Os impossíveis dos homens são possíveis par Deus. E disse Pedro: Eis que nós deixamos nossa e te seguimos. Respondeu-lhes Jesus: Em verdade vos digo que ninguém há que tenha deixado casa, ou mulher, ou irmãos, ou pais, ou filhos, por causa do reino de Deus, que não receba, no presente, muitas vezes mais e, no mundo por vir, a vida eterna.”
Tema: “ PARA DEUS NÃO HÁ IMPOSSÍVEIS”
O texto lido começa falando da posição privilegiada daquele homem, e logo depois mostra Jesus dando um ralado nele por causa da forma como esse se dirige ao Mestre o chamando de Bom (no popular bajulando), talvez até com a intenção de corrompê-lo. Quando Jesus o relembra os mandamentos ele prontamente responde com firmeza que tem cumprido todos eles, porém as riquezas são mais importantes para ele do que a vida eterna. As riquezas, o poder e os bens estão classificados numa posição mais importante na vida dele. O Bom Mestre e seus ensinamentos estão sendo colocados na sua escala de valores, depois da idolatria pelos seus bens e isso lhe causou profunda tristeza. Jesus de forma bem grosseira comenta qual a possibilidade da entrada de um rico no reino de Deus. Com essa comparação aguça a curiosidade dos apóstolos. Vejamos  o que aprendemos com a resposta do Bom Mestre:
1) A SALVAÇÃO DEPENDE DE CADA UM: (v.26) “ E os que ouviram disseram: Sendo assim, quem pode ser salvo?” Boas obras não dá direito a salvação, só faz parte do processo. (Tg. 2:17-26), A fé juntamente com as obras nos garante a salvação.
2) VEM E SEGUE-ME (Mt. 22:14) “ Porque muitos são chamados, mas poucos escolhidos”. Jesus tem chamado muitos ao arrependimento, tem chamado muitos para sua seara, mas são poucos os que o tem seguido. O resultado é (Mt. 22:13) “ Então, ordenou o reis aos serventes: Amarrai-o de pés e mãos e lançai-o para fora, nas trevas; ali haverá choro e ranger de dentes”.
3) COM JESUS DEIXAR É SINÔNIMO DE GANHAR: (v. 28) Jesus nos faz entender que muitas vezes teremos que deixar coisas e pessoas que amamos e afazeres para segui-lo e servi-lo (v. 29-30). Porém não somos obrigados a deixar nada e nem ninguém, mas se fizermos receberemos muitas vezes mais no presente e no texto Jesus se refere a pessoas (perdemos parentes, familiares, amigos e ganhamos irmãos em Cristo, pais e mães na fé, filhos e filhas no reino de Deus) e coisas (bens materiais em geral e etc) e a benção se estende para o além da nossa imaginação, no sobrenatural ou seja a vida eterna. (Mc. 10:29-30, 1 Co. 15:57-58)
4) NÃO HÁ IMPOSSÍVEIS PARA DEUS: (v.27) A salvação é a união da fé com a obra ou o mesmo que oração (orar e agir); o chamado do Senhor é para todos, muitos, mas segui-lo é para poucos, e o pouco com deus é o suficiente. Jesus nos prova que deixar com ele é investimento com retorno multiplicado, porém o impossível para nós é possível para Deus. Quando oramos, agimos, servimos, seguimos, fazemos e cremos. Recebemos de Deus o impossível, multiplicado. (Lc. 17:6) “ Respondeu-lhes o Senhor: Se tiverdes fé como um grão de mostarda, direis a esta amoreira: Arranca-te e transplanta-te no mar; e ela vos obedecerá.”

CONCLUSÃO: A SALVAÇAO É INDIVIDUAL, SEGUIR E SERVIR A JESUS É OPCIONAL, DEIXAR PARA GANHAR É QUESTÃO DE ESCOLHA, É NECESSÁRIO FAZER O POSSIVEL PRA QUE DEUS FAÇA O IMPOSSÍVEL. PORTANTO ORAR E AGIR FAZ TODA DIFERENÇA. AMÉM.

Pr. Cpl. Nolêto.

CAMINHANDO PARA VITÓRIA


Ministração da Palavra – IEEA – MA.
Culto da Família – 08/09/2013.
Texto: Sl. 66:10-12 “ Pois tu, ó Deus, nos provaste; acrisolaste-nos como se acrisola a prata. Tu nos deixaste cair na armadilha; oprimiste as nossas costas; fizeste que os homens cavalgassem sobre nossa cabeça; passamos pelo fogo e pela água; porém afinal, nos trouxeste para um lugar espaçoso.”
Tema: “ CAMINHANDO PARA VITÓRIA”
Estamos vivendo os últimos tempos antes da vinda do Senhor Jesus, somos a geração do arrebatamento, e é justamente por isso que os sinais da vinda do Senhor se tornam cada vez mais visíveis e corriqueiros. Enquanto a Bíblia nos revela que precisamos buscar a face de Deus e o adorar em espírito e em verdade para conquistar a Glória, a salvação, muitos pregam um Deus que só salva, cura e liberta das dividas e da pobreza, um Deus que transforma o empregado assalariado em empresário de sucesso. O Jesus crucificado na cruz do calvário tem sido esquecido nas pregações de muitos lideres religiosos. Mas esse mesmo Jesus quer nos ensinar hoje a caminhar para vitória. Vejamos:
A primeira coisa que precisamos entender é que para se obter vitória é preciso passar pela prova, e o cristão não fica na prova, passa por ela.
1) ARMADILHA: (v. 11ª) “ Tu nos deixaste cair na armadilha...” O salmo é um cântico de oferta de gratidão e o salmista fala que Deus “ os deixou cair na armadilha...”, o que prova que Satanás é um ser comandado por Deus. É o próprio Deus que nos coloca em situações tão difíceis que não podemos resolver e então ficamos na dependência dele como no  Salmo 40:17. As armadilhas do Senhor são para que reconheçamos a nossa pequinês e a soberania de Deus (II Cr. 33:11-13). O Senhor quer que nos aquebrantemos e nos prostemos diante dEle (Jz. 15:15-19).
2) PRESSÃO/PODER:(v.11b) “... oprimiste as nossas costas”  Antes de receber poder sempre vai vir a pressão e essa pressão vem em forma de tribulações, adversidades, provas, lutas e etc. (II Co. 4:17-18, 7-9) Sempre que tiver atribulado é sinal que Deus quer derramar poder.
3) PERDER É SINAL DE VITÓRIA (v. 12ª) “ fizeste que os homens cavalgassem sobre a nossa cabeça...) O texto no contexto histórico significa “ o inimigo triunfou”, ou seja o inimigo venceu, e esse é o tipo de derrota que tem sabor de vitória, pois serve de aprendizado. È uma derrota permitida por Deus que significa que se contigo é só vitória tem alguma coisa errada. Não caia nessa conversa que com Deus tudo é só vitória porque não é, a derrota faz parte do processo de preparação para receber a vitória.
4) FOGO/ÁGUA=LUTA/ADVERSIDADE: (v. 12b) “ ...passamos pelo fogo e pela água...”  Em síntese, todas as vezes que a Bíblia fala de fogo e água é sinônimo luta e adversidade e Deus permite que passemos pela água e pelo fogo como uma forma de nos ensinar a não sermos autossuficientes. Nós precisamos entender que somos necessitados uns dos outros, em todos os aspectos e lugares: em casa com a família, no trabalho com os colegas, na igreja com os irmãos e etc.
5) PURIFICAÇÃO: (v.10) “ Pois, tu ó Deus, nos provaste, acrisolaste-nos como se acrisola a prata.” Crisol é o mesmo que cadinho: instrumento usado para derreter o metal e transformá-lo. Acrisolar é o mesmo que purificar e existe todo um processo de purificação e a prata passa pela água e passa pelo fogo e o purificador aguarda até o momento em que a prata fica purificada e o teste que ele faz é que quando a imagem dele é refletida na prata ela está pronta. Assim também é Deus o purificador dos homens ele nos acrisola, nos purifica através das provas até que estejamos a ponto de refletir a sua imagem em nossas vidas, assim sendo todo aquele que nos ver vai ver a imagem e semelhança de Deus em nós.
6) LUGAR DA VITÓRIA (v.12c) “ porém, afinal, nos trouxeste para um lugar espaçoso”  È preciso saber que: Armadilhas serão montadas contra você. Se quiser receber poder tem que sofrer pressão primeiro. A derrota anda lado a lado com a vitória e a vitória é o resultado do aprendizado com a derrota. Fogo e água ou seja lutas e adversidades fazem parte do crescimento e purificação. Tu és a prata que o purificador quer ver sua imagem refletida nela. (Mt. 11:12)  A lugar da vitória é o Reino de Deus, é a vida eterna.
CONCLUSÃO: Jesus é o purificador de cada um daqueles que quer ser levado há um lugar espaçoso, há um lugar de vitória. Deixe-se acrisolar por Ele pois para cada grande luta sempre há uma grande vitória. Não se deixe enganar.
Pr. Cpl. Nolêto. 

quinta-feira, 19 de setembro de 2013

quarta-feira, 11 de setembro de 2013

CAMINHANDO PARA VITÓRIA


Ministração da Palavra – IEEA – MA.
Culto da Família – 08/09/2013.
Texto: Sl. 66:10-12 “ Pois tu, ó Deus, nos provaste; acrisolaste-nos como se acrisola a prata. Tu nos deixaste cair na armadilha; oprimiste as nossas costas; fizeste que os homens cavalgassem sobre nossa cabeça; passamos pelo fogo e pela água; porém afinal, nos trouxeste para um lugar espaçoso.”
Tema: “ CAMINHANDO PARA VITÓRIA”
Estamos vivendo os últimos tempos antes da vinda do Senhor Jesus, somos a geração do arrebatamento, e é justamente por isso que os sinais da vinda do Senhor se tornam cada vez mais visíveis e corriqueiros. Enquanto a Bíblia nos revela que precisamos buscar a face de Deus e o adorar em espírito e em verdade para conquistar a Glória, a salvação, muitos pregam um Deus que só salva, cura e liberta das dividas e da pobreza, um Deus que transforma o empregado assalariado em empresário de sucesso. O Jesus crucificado na cruz do calvário tem sido esquecido nas pregações de muitos lideres religiosos. Mas esse mesmo Jesus quer nos ensinar hoje a caminhar para vitória. Vejamos:
A primeira coisa que precisamos entender é que para se obter vitória é preciso passar pela prova, e o cristão não fica na prova, passa por ela.
1) ARMADILHA: (v. 11ª) “ Tu nos deixaste cair na armadilha...” O salmo é um cântico de oferta de gratidão e o salmista fala que Deus “ os deixou cair na armadilha...”, o que prova que Satanás é um ser comandado por Deus. É o próprio Deus que nos coloca em situações tão difíceis que não podemos resolver e então ficamos na dependência dele como no  Salmo 40:17. As armadilhas do Senhor são para que reconheçamos a nossa pequinês e a soberania de Deus (II Cr. 33:11-13). O Senhor quer que nos aquebrantemos e nos prostemos diante dEle (Jz. 15:15-19).
2) PRESSÃO/PODER:(v.11b) “... oprimiste as nossas costas”  Antes de receber poder sempre vai vir a pressão e essa pressão vem em forma de tribulações, adversidades, provas, lutas e etc. (II Co. 4:17-18, 7-9) Sempre que tiver atribulado é sinal que Deus quer derramar poder.
3) PERDER É SINAL DE VITÓRIA (v. 12ª) “ fizeste que os homens cavalgassem sobre a nossa cabeça...) O texto no contexto histórico significa “ o inimigo triunfou”, ou seja o inimigo venceu, e esse é o tipo de derrota que tem sabor de vitória, pois serve de aprendizado. È uma derrota permitida por Deus que significa que se contigo é só vitória tem alguma coisa errada. Não caia nessa conversa que com Deus tudo é só vitória porque não é, a derrota faz parte do processo de preparação para receber a vitória.
4) FOGO/ÁGUA=LUTA/ADVERSIDADE: (v. 12b) “ ...passamos pelo fogo e pela água...”  Em síntese, todas as vezes que a Bíblia fala de fogo e água é sinônimo luta e adversidade e Deus permite que passemos pela água e pelo fogo como uma forma de nos ensinar a não sermos autossuficientes. Nós precisamos entender que somos necessitados uns dos outros, em todos os aspectos e lugares: em casa com a família, no trabalho com os colegas, na igreja com os irmãos e etc.
5) PURIFICAÇÃO: (v.10) “ Pois, tu ó Deus, nos provaste, acrisolaste-nos como se acrisola a prata.” Crisol é o mesmo que cadinho: instrumento usado para derreter o metal e transformá-lo. Acrisolar é o mesmo que purificar e existe todo um processo de purificação e a prata passa pela água e passa pelo fogo e o purificador aguarda até o momento em que a prata fica purificada e o teste que ele faz é que quando a imagem dele é refletida na prata ela está pronta. Assim também é Deus o purificador dos homens ele nos acrisola, nos purifica através das provas até que estejamos a ponto de refletir a sua imagem em nossas vidas, assim sendo todo aquele que nos ver vai ver a imagem e semelhança de Deus em nós.
6) LUGAR DA VITÓRIA (v.12c) “ porém, afinal, nos trouxeste para um lugar espaçoso”  È preciso saber que: Armadilhas serão montadas contra você. Se quiser receber poder tem que sofrer pressão primeiro. A derrota anda lado a lado com a vitória e a vitória é o resultado do aprendizado com a derrota. Fogo e água ou seja lutas e adversidades fazem parte do crescimento e purificação. Tu és a prata que o purificador quer ver sua imagem refletida nela. (Mt. 11:12)  A lugar da vitória é o Reino de Deus, é a vida eterna.
CONCLUSÃO: Jesus é o purificador de cada um daqueles que quer ser levado há um lugar espaçoso, há um lugar de vitória. Deixe-se acrisolar por Ele pois para cada grande luta sempre há uma grande vitória. Não se deixe enganar.
Pr. Cpl. Nolêto.